Você está em:

Capela do Saco / Carrancas

Caminho Velho
A maior parte deste trecho é de estrada em boas condições de conservação. A companhia para o viajante é da belíssima Serra de Carrancas circundada por quatro outras serras. O desenho final é em forma de ferradura. A vegetação é típica de Cerrado e de Mata Atlântica, onde vê-se candeias, óleo copaíbas, ipês amarelos, corticeiras e jequitibás.   A partir do marco 1023, a estrada está muito ruim, com fortes subidas em pedras de calcário com cascalho solto.   Atenção nesse trecho com os mata-burros na vertical, principalmente para os cicloturistas.   O ponto final do trecho é em Carrancas. Diz a lenda que as catas, formadas pelas escavações em busca de pedras preciosas, vistas de longe pareciam caras feias. Daí, o nome da cidade. O município tem sido cada vez mais procurado por praticantes de ecoturismo por causa de suas cachoeiras e serras.

ATENÇÃO!!!

Balsa que faz a travessia entre Capela do Saco e Caquende foi interditada sem previsão de funcionamento. Portanto é necessário seguir por uma rota alternativa na BR 265 sentido Carrancas ou São Sebastião da Vitória.

INFORMAÇÕES DE TRECHO

Dificuldade Física: Nível 4
Dificuldade TÉCNICA: Nível 5
DISTÂNCIA TOTAL: 29 KM
PRESENÇA DE SOMBRA: NÃO
distância em desciDa: 11 KM
DISTÂNCIA EM SUBIDA: 15 KM
INC. MÉdia das subidas: 4 %
TRECHOS
Os roteiros planilhados oferecem ao turista a possibilidade de percorrer os quatro caminhos de acordo com sua disponibilidade.
Aqui você encontra todas as direções que deverão ser tomadas no percurso, com base nos marcos da Estrada Real. Boa Viagem!
DOWNLOAD ALTIMETRIA
Compartilhe esta página: